Salve, ò minha terra,
Entre outras mil
Orgulho de tua gente!
Nas verdes colinas,
Ipês de Ouro
Erguem taças ao Brasil!
Doce terra amada
Dos Cafezais,
Rubis a palpitar!
Entre as palmeiras,
A brisa errante
Encanta e faz sonhar!
Guaranésia
Das manhãs orvalhadas,
Um claro sol
Vastos Campos a inundar!
Guaranésia
Das tardes silenciosas,
Das serenatas
Em noites de luar!
Na tarde calma,
Velhas árvores frondosas,
A voz do sino
Ouço preces murmurar!
Mês de dezembro,
As novenas luminosas,
Das magnólias
O perfume a evocar.


Maria José Barros Dias (Dª Lila)
&
Martha Ribeiro Alves