A Semana Nacional de Museus é uma das ações da Política Nacional de Museus do IBRAM, que tem como propósito mobilizar os museus brasileiros a partir de um esforço de concentação de suas programações em torno de um mesmo tema. A escolha do tema é feita pelo ICOM para o Dia Internacional dos Museus que se comemora em 18 de maio e o tema deste ano foi “Museus e Patrimônios como núcleos culturais: o futuro das tradições”.

O Museu da Memória e Patrimônio da UNIFAL (Universidade Federal de Alfenas) organizou a XI edição da Semana Nacional de Museus da UNIFAL e em todas as suas edições, os participantes podem enviar documentos de trabalho no âmbito da temática proposta, abrangendo discussões acerca de museus e patrimônios.

Os documentos de trabalho são publicados nos Anais da Semana, que possuem ISSN desde 2011. Os anais encontram-se no seguinte endereço: http://www.unifal-mg.edu.br/snmuseus/anais.

Em 2019, a Secretaria de Cultura de Guaranésia, através do Setor Municipal de Patrimônio Cultural (SEMPAC), inscreveu-se para participar das atividades da UNIFAL e enviou um documento de trabalho para ser avaliado pelos organizadores.

O trabalho, cujo título é: “MUSEUS NA ERA DA INFORMAÇÃO: A TECNOLOGIA ASSOCIADA COMO FERAMENTA PARA A CONTINUIDADE DAS TRADIÇÕES” teve como tema principal, os resultados dos trabalhos realizados por duas tradições que são patrimônios imateriais do município de Guaranésia: a Corporação Musical Santa Bárbara e o Grupo Art-Vida Capoeira.

O texto foi aprovado e apresentado aos participantes da Semana dos Museus nessa terça-feira, dia 14 de maio, pela autora e encarregada do Setor de Patrimônio, Flaviana Cristina da Silva que também participou de outras atividades relacionadas à Semana dos Museus, no campus da universidade durante todo o dia.

O evento foi organizado pela museóloga Luciana Menezes de Carvalho, responsável pelo Museu da Memória e Patrimônio da UNIFAL. Também estiveram presentes nesta apresentação, outras autoridades no campo da Museologia que ministraram palestras no período da manhã, sendo eles:
– Prof. Dr. Luiz Carlos Borges – Museólogo no MAST (Museu de Astronomia e Ciências Afins) e professor no programa de Pós graduado em Museologia e Patrimônio pela UNIRIO/MAST.
– Prof. Diogo Jorge de Melo – Museólogo formado pela UFRJ, mestre em geologia e professor de Museologia na UFPA (Universidade Federal do Pará).
– Prof.ª Andrea Fernandes Costa – Museóloga formada pela UNIRIO e Educadora Museal do Museu Nacional do Rio de Janeiro.

Este evento é de grande importância para o Guaranésia, pois trabalha o processo de difusão do patrimônio cultural da cidade, item previsto na Deliberação Normativa do CONEP e que gera ICMS Cultural para o município.

Free WordPress Themes, Free Android Games